Agende sua consulta a partir de R$150,00

logomarca cannacare
banner home
homem e mulher vestidos de verdes se abraçando

Sobre a CannaCare

Quem Somos

Cuidar.

Uma palavra tão curta, e ao mesmo tempo potente e cheia de significado.

Você pode cuidar de várias coisas: da casa, do trabalho.

Cuidar da saúde, do futuro, cuidar do outro.

Esse é o propósito da CannaCare.
Somos uma plataforma de bem-estar e cuidado.

Cuidamos de pessoas que buscam qualidade de vida através de tratamentos à base de Cannabis.

Estamos presente em todas as etapas da sua jornada para que você se sinta amparado e acolhido.

Somos facilitadores, auxiliando no processo de aprovação da ANVISA e órgãos competentes, tudo num só lugar, sem complicações.

Temos uma equipe médica especialista em cuidar.

E um vasto portfólio de produtos, um para cada necessidade e objetivo.

Aqui você tem liberdade de escolher como quer se cuidar.

A segurança e confiança necessárias para transformar a sua vida.

Tudo isso para que você seja cuidado.

Logomarca da cannacare

Como começar seu tratamento

Começar seu tratamento com a CannaCare é rápido, fácil e seguro. Veja o passo a passo:

icone celular

Marque sua consulta

Consulte-se online com um especialista

ícone seta para a esquerda
ícone check list

Realize autorização Anvisa

Cuidamos do processo burocrático sem custo adicional

ícone seta para a esquerda
ícone de sacola com uma folha de maconha e um "C"

Compre seu produto

Entregamos o produto diretamente na sua casa sem complicações

ícone seta para a esquerda
ícone médico

Acompanhamento médico

Estamos aqui para cuidar de você durante sua jornada

Conheça os benefícios

Conhecimento é poder.

Existem muitos tabus em relação aos tratamentos à base de Cannabis.

Nós da CannaCare, acreditamos que com conhecimento e informação de qualidade, é possível levar cuidado seguro e atenção a quem precisa.

A Cannabis medicinal é uma realidade milenar e vem sendo redescoberta e utilizada em prol da população ao redor do mundo

Muitos estudos já comprovam sua eficácia, segurança e baixo risco. Diversos outros são conduzidos para aprofundar o entendimento dos efeitos medicinais para as mais distintas condições. 

Em que situações o tratamento à base de Cannabis é recomendado?

  • Dor crônica
  • Patologias neurológicas (Parkinson, Alzheimer, Epilepsia, Esclerose Múltipla)
  • Cânceres
  • Cuidados Paliativos
  • Dermatologia
  • Saúde sexual
  • Psiquiatria (Ansiedade, Depressão, Transtornos alimentares, Autismo)

 

Melhora geral da qualidade de vida e bem-estar.

mão com conta gotas

Entenda como funciona o tratamento com Cannabis

Um dado alarmante: mais de 18 milhões de brasileiros têm ansiedade, o que faz com que nosso país seja o mais ansioso do mundo, de acordo com a OMS.

A ansiedade é considerada patológica quando ela passa a prejudicar o dia a dia tanto pessoal quanto profissional, tornando momentos e eventos cotidianos altamente sofridos e estressantes, trazendo impactos negativos a ponto até de causar dor física

A Cannabis e a ansiedade
Hoje já se sabe que o endocanabinóide CB1 é um aliado na regulação do estresse e também no desenvolvimento de transtornos como ansiedade e depressão.

Toda noite é a mesma coisa: você deita na cama e o sono demora a vir? Infelizmente isso é mais comum do que se pensa: a ABS (Associação Brasileira do Sono) estima que 73 milhões de brasileiros sofram de insônia, o distúrbio que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou de atingir os quatro estágios do sono. O resultado disso? Pouca qualidade de vida, problemas de humor e baixo desempenho nas tarefas cotidianas como trabalho ou estudos.

A Cannabis e a insônia
Existem vários benefícios que as substâncias canabinóides trazem para os que sofrem de insônia, como: melhora do ciclo do sono-vigília, estímulo à fase mais profunda do sono (REM) – diretamente ligada ao processo de aprendizagem e memorização – e também nas fases menos profundas, que é quando acontece a regulação hormonal, imunológica e processo de recuperação energética.

Sabe aquele incômodo que já dura mais de 3 meses? Pode ser uma dor crônica. E você não está sozinho(a) nessa: estima-se que 20,5% da população mundial seja atingida por algum tipo de dor, sendo essa uma das principais queixas que levam as pessoas a buscarem assistência médica.

Cannabis e as dores crônicas
Os produtos à base de cannabis agem alterando a percepção da dor fazendo com que, mesmo que ainda presente, ela seja bem mais tolerada. Graças a isso é possível reduzir o uso de analgésicos tradicionais como opióides e antiinflamatórios, além de melhorar a sua qualidade de vida.

A depressão é uma doença psiquiátrica crônica que mexe com o humor causando tristeza profunda, baixa autoestima, medo, culpa entre outros sintomas, e pode estar dividida em três níveis: leve, moderada e grave. Para identificá-la é preciso que seja feito um diagnóstico clínico para um tratamento mais assertivo.

A Cannabis e a depressão

Hoje já se sabe que o endocanabinóide CB1 é um aliado na regulação do estresse e também no desenvolvimento de transtornos como ansiedade e depressão.

Prejuízo na comunicação e interação social, padrão comportamental restrito, repetitivo e estereotipado… conhece alguém assim? Esses são alguns dos sintomas mais comuns do autismo, que costumam se manifestar logo na primeira infância. E um dado importante: estima-se que existam 2 milhões de brasileiros diagnosticados com o TEA, Transtorno do Espectro Autista. Por isso é essencial saber como tratá-lo para ajudar essas pessoas.

A Cannabis e o autismo:
O CDB tem efeitos ansiolíticos e antipsicóticos, além de ser neuroprotetor. Isso faz com que ele ajude o paciente autista a melhorar sua integração social, além de
controlar a impulsividade, ansiedade e hiperatividade. Relatos ainda mostram uma melhora na qualidade de vida não só de quem possui o TEA, mas também dos seus familiares e cuidadores.

De acordo com a OMS, cuidados paliativos são um conjunto de abordagens que
melhora* a qualidade de vida dos pacientes e suas famílias, que enfrentam problemas associados a doenças que ameaçam a vida.

Os últimos dias e horas da vida de uma pessoa podem estar associados a um imenso sofrimento físico, psíquico e emocional. Por isso, aliviar a dor e outros sintomas é essencial para trazer mais qualidade de vida ao paciente.

A Cannabis e os cuidados paliativos

Conhece alguém que precisa de conforto?

A Cannabis medicinal pode ser uma ferramenta terapêutica importante para portadores de doenças crônicas avançadas ou que já estão no fim da vida, ajudando a controlar e aliviar sintomas como dores, náuseas, vômitos, fadiga, depressão e ansiedade

Você sabia que a epilepsia atinge de 0,5 a 2% da população mundial? Considerada uma síndrome neurológica comum, ela se manifesta quando existe um desequilíbrio nas células nervosas, que passam a atuar de forma irregular e intensa.

A Cannabis e a epilepsia

Os medicamentos à base de cannabis regulam a resposta inflamatória, o estresse oxidativo e ainda promovem a neuroproteção das células cerebrais, evitando assim novos episódios de convulsões. Cuidado e qualidade de vida garantidos!

A esclerose múltipla é uma doença neurológica, crônica e autoimune. Alguns dos seus sintomas são: fadiga intensa, fraqueza muscular, dores articulares e alterações visuais.

A Abem, Associação de Esclerose Múltipla, aponta que 40 mil brasileiros sofram dessa enfermidade.

Já existem estudos comprovados que o tratamento com CDB e THC reduzem a morte celular e aumentam o controle da dor neuropática.

Últimas matérias

Perguntas frequentes

Sim. Atualmente os tratamentos médicos à base de Cannabis são 100% legais no Brasil desde que você tenha indicação e prescrição médica.

Saiba mais:

No ano de 2019 a Anvisa e o Ministério da Saúde expandiu a regulamentação dos tratamentos à base de Cannabis através do projeto de lei RDC 327 no qual estabeleceu condições para a comercialização de produtos à base de Cannabis, apenas para fins médicos.

Posteriormente no ano de 2020 a lei RDC 335 entrou em vigor e detalhou mais regras para a importação de produtos à base de Cannabis.

Os produtos à base de cannabis, quando utilizados de maneira responsável, se mostram mais seguros que as medicações tradicionalmente prescritas: opióides e benzodiazepínicos, por exemplo.

Apesar de haver efeitos adversos que devem ser relatados ao médico para adaptações no tratamento, reações graves são muito improváveis. O CBD é um inibidor parcial do receptor endocanabinóide CB1, o que confere efeito protetor contra intoxicações graves, pois mesmo em doses altas, o receptor não fica completamente saturado. Além disso, quando utilizados em conjunto, o CBD e o THC se regulam, reduzindo efeitos adversos um do outro. Vem daí o benefício de utilizar ambas as substâncias ao invés de componente isolado (efeito entourage).

As maiores evidências de benefícios de produtos à base de cannabis são para dor, espasticidade muscular na esclerose múltipla, náuseas e vômitos relacionados à quimioterapia e epilepsia.

No entanto, há diversos estudos avaliando benefícios em diversas outras condições clínicas e para melhora de bem-estar e qualidade de vida: insônia, glaucoma, Alzheimer, Parkinson, melhora do apetite, estresse pós-traumático, ansiedade, fobia social, esquizofrenia, entre várias outras.

O efeito dos produtos à base de Cannabis ocorre através da regulação de mecanismos que promovem equilíbrio fisiológico no nosso corpo, sendo mais abrangentes que os efeitos de medicações tradicionais baseadas em substâncias isoladas.

Ao promover esse estado de equilíbrio, os tratamentos tendem a reduzir a necessidade de uso de outras medicações (opióides, benzodiazepínicos, antipsicóticos, antidepressivos, anticonvulsivantes, hipnóticos) ou ao menos permitir uma redução nas doses.

Em estudos norte-americanos, os produtos à base de Cannabis chegaram a reduzir cerca de 20% das hospitalizações e em 25% os óbitos por abuso de opióides.

Sim, todo médico que tenha estudado medicina cannabinóide pode prescrever os produtos à base de Cannabis.
A rede de médicos Cannacare possui profissionais de diferentes áreas de atuação e especialidades. Procure aquele que se encaixe melhor para atender suas necessidades.

Os produtos à base de cannabis podem ter efeitos adversos relacionados aos seus principais componentes (CBD e THC). É necessário acompanhamento médico para orientação quanto a essas reações adversas mais frequentes e para ajustes de dose a fim de manter o efeito terapêutico.

Não encontrou sua dúvida? Acesse nosso FAQ e confira todas as perguntas e respostas

Fale com um especialista